Os 10 molhos mais tradicionais na Itália

Não é novidade que todos amamos a culinária italiana não é mesmo? E tampouco é novidade que ferver água e cozinhar macarrão está entre as coisas que todos nós sabemos fazer! Esse é o primeiro passo necessário para servir um jantar a la mamma italiana. E o que servir com a massa já cozida? Por mais diversificada e rica que seja a culinária italiana, existe a lista básica de molhos que todos devemos conhecer e a partir dai eleger nosso preferido!

10) Spaghetti a Puttanesca

Muito se discute sobre a origem do nome deste molho, já ouvimos pelo menos três versões diferentes. Mas o nome é o que menos importa, já que o que vai te conquistar são os ingredientes napolitanos que se combinam harmonicamente em um molho aromático, bem salgado e apimentado! Anchovas, azeitonas, alcaparras, alho e pimenta calabresa, fizeram história e ficaram famosos por conquistar muitos homens!

9) Spaghetti alho e óleo
Aqui o alho é a estrela principal do prato e apesar de super simples de preparar, um segredinho ou outro farão do seu alho e óleo um dos pratos preferidos da sua família! Uma dica é preparar com algum acompanhamento,  um exemplo é  servi-lo com legumes (berinjela, abobrinha, pimentão) refogados, ou com um lindo filé de frango à parmegiana.

8) Pasta a la Norma
Pouco popular no Brasil, mas com uma história misteriosa e ingredientes interessantes, Pasta a la Norma é uma opção saudável e vegetariana para quem quer mais do que o básico macarrão ao sugo. Berinjela, tomates, manjericão, uma pitada de pimenta calabresa e uma salada de ricota, vai te levar pra longe do lugar comum e mais pertinho da Sicília.

7) Molho Bolognese 

Originário na região da Bolonha, o molho de carne mais famoso do mundo tem gostinho de comida da vovó. No passado, usava-se pedaços graúdos de carne de segunda, que cozida lentamente, se incorporava ao molho de tomate e desmanchava na boca. Depois da criação dos moedores de carne, o prato foi adaptado à vida moderna e hoje é uma das massas mais fáceis de se preparar, e com certeza de comer. Agrada a todos!

6) Fettucine Alfredo
Cremoso, cheio de queijo e de textura aveludada, o famoso  fettuccine Alfredo é um dos clássicos romanos imperdíveis. Um molho suave e neutro que por si só já faz uma bela refeição, agradece acréscimos como brócolis, frango gelhado ou melhor ainda um camarão.

5) Spaghetti alle vongole
Amêijoas são conchas comestíveis, de sabor delicado e textura agradável. Esse clássico napolitano, também muito apreciado em Roma, pode ser servido in rosso (com tomates) ou in bianco(sem tomates e com creme de leite), e seus ingredientes básicos consistem de alho, vinho branco, salsinha e azeite. Simples assim. E claro, com sabor de brisa do mar.

4) Macarronada com almôndegas
Macarrão com almôndegas é sinônimo de amor. Só quem ama investe tanto tempo preparando a massa de carne, enrolando, fritando e ainda preparando um belo molho encorpado para acompanhar. Seja para os netos, para os filhos, para o marido, para sua mãe, recomendamos esse prato para você que quer mostrar todo o seu amor.

3) Spaghetti Carbonara

Como não amar um molho denso, rico, cheio de queijo e com um toque inusitado? Os ovos adicionam uma textura extremamente cremosa, pesada, que junto com o bacon se harmoniza em uma combinação bastante curiosa. Ovos e bacon com massa? Uma das teorias por trás da combinação maluca, foi a introdução de suprimentos americanos à faminta Itália pós guerra. Os Estados Unidos forneceram ovos e bacon e os italianos criativos e fascinados por massas, incluíram os ingredientes do famoso café da manhã americano, em uma das versões mais incríveis de sua culinária.

2) Spaghetti ao sugo
Toda família tem uma receita incrível de molho ao sugo, e cá entre nós, como encontrar e julgar a melhor de todas? A beleza desse molho é essa, muita variação, disputa, concorrência e evolução. O molho de tomate perfeito sempre será objeto de estudo.

1) Molho pesto
O cheiro sedutor do manjericão, misturado com alho e queijo, confere sofisticação a este molho rústico e queridinho dos italianos.

 

Fonte: http://bit.ly/2eAZ7Ld

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *